O assassinato de uma adolescente nas areias do Posto 6 de Copacabana quebra a tranquilidade daquele bucólico local. O crime, que tinha de tudo para ser perfeito, é testemunhado por um casal de moradores, peças-chave para solucionar aquele mistério.

 

Ao longo da busca por respostas, tramas variadas se desenrolam, como a da jornalista Rosa, moça de origem humilde que se esforça para mudar seu destino através dos estudos; Antônia, vítima de violência doméstica que precisou oferecer a primogênita para a prostituição para conseguir botar comida na mesa de casa; Pascoal, detetive que jamais esqueceu seu grande amor do passado; e muitos outros.

 

Em meio à trama policial, problemas sociais ganham espaço, trazendo a assinatura do escritor Mauro Franco para o título, seu terceiro romance. Questões como exploração de menores e tráfico de órgãos desenrolam-se ao longo da narrativa, pincelada com influências de religiões de origem africana, homenageadas em breves citações; e que também destaca a rotina dos marimbás, os profissionais que vivem da pesca, e o dia a dia da colônia dos pescadores, com recortes de momentos como a chegada dos barcos após as saídas para o mar e até algumas histórias de pescador, que não podiam ficar de fora.

 

A obra traz uma reflexão sobre problemas sociais enfrentados pelas famílias desestruturadas. É um projeto literário que teve início no princípio do ano 2000, numa época em que o desaparecimento de crianças e adolescentes assustava em demasia a sociedade. Um pouco antes, na década de 90, a novela de Glória Perez “Explode Coração” trouxe à tona o tema e, mostrando diariamente fotos de crianças desaparecidas, ajudou no encontro de mais de 70 jovens.

 

São diversos os motivos dos desaparecimentos. A maioria está relacionada com violência doméstica e maus tratos, que os levam a fugir de suas próprias residências. A fuga consensual, comum entre adolescentes que estão namorando, e o sequestro por um dos responsáveis também fazem parte da estatística. Os casos mais intrincados, porém, referem-se ao desaparecimento que está vinculado com exploração sexual e até mesmo tráfico de órgãos humanos.

Marimbás do Posto 6

R$ 47,90Preço